Facebook Twitter YouTube
João Paulo Rillo
Home: Página Inicial Biografia: Conheça a trajetória política de Rillo Blog: Notícias e Artigos Agenda: A programação do Deputado Atuação: Os principais projetos de Rillo Imprensa: Canal aberto com a imprensa e a mídia Galeria: Fotos e Vídeos Contato: Fale com o Deputado
 
Indicada por Rillo, jornalista Laura Capriglione recebe prêmio Beth Lobo de Direitos Humanos das Mulheres
Sexta-Feira, 31 de Março de 2017 - 17:47 - Categoria: Geral
 

Por indicação do deputado estadual João Paulo Rillo, a jornalista Laura Capriglione recebe nesta sexta-feira, dia 31, o prêmio Beth Lobo de Direitos Humanos das Mulheres. A cerimônia de entrega será às 19h30, no plenário Juscelino Kubitschek, na Assembleia Legislativa. Os parlamentares, membros da Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Cidadania, da Participação e das Questões Sociais, aprovaram a premiação da jornalista em novembro de 2016.

Laura Capriglione, 57 anos, nasceu em São Paulo, tendo estudado Física e Ciências Sociais na Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, impulsiona com outros colegas a Rede Jornalistas Livres, focada na cobertura das lutas democráticas e por Direitos Humanos e Sociais.

Em 2015, com seus colegas jornalistas livres, publicou a reportagem que soterrou a “reorganização escolar” do governador Geraldo Alckmin. Intitulada “Secretaria de Educação prepara ‘guerra’ contra as escolas em luta! ”, a reportagem continha o áudio de uma reunião realizada no prédio da secretaria de Educação, em que Fernando Padula, braço direito do próprio secretário, organizava a ação de mais de 40 dirigentes de ensino do Estado, no sentido de “isolar” e “desmoralizar” os estudantes secundaristas que, naquele momento ocupavam as escolas de São Paulo.

Trabalhou como repórter especial do jornal “Folha de S.Paulo” entre 2004 e 2013 e venceu o “Grande Prêmio Folha” de 2006 com a reportagem “Caos Penitenciário”, um retrato do sistema penitenciário de São Paulo, representado pela superlotação e pelas condições desumanas enfrentadas pelos presos do Centro de Detenção Provisória de Araraquara. O título "Preso içado pelo teto expõe caos em prisão", publicado em 6 de julho daquele ano, foi apenas um dos exemplos da situação mostrada pela jornalista. Em 2012, foi uma das jornalistas homenageadas durante a entrega Prêmio Beth Lobo de Direitos Humanos, pelas reportagens que fez sobre a violenta desocupação do bairro Pinheirinho, realizada pela Polícia Militar de São Paulo e pela Guarda Civil Metropolitana de São José dos Campos.

Começou a carreira como editora de Educação e Ciências na “Folha”, depois do que dirigiu o jornal “Notícias Populares”, voltado à reportagem policial. Foi diretora de novos projetos na Editora Abril, onde também exerceu o cargo de editora-executiva da revista “Veja”. Conquistou o Prêmio Esso de Reportagem 1994, com a matéria “Mulher, a grande mudança no Brasil”, produzida para “Veja” em parceria com Dorrit Harazim e Laura Greenhalgh. Foi editora-executiva da revista até 2000. Como diretora de novos projetos na Editora Abril, recebeu dois Prêmios Abril de Jornalismo: de Melhor Revista e Melhor Diretora de Redação. Dirigiu o Núcleo de Revistas Femininas da Editora Globo, respondendo pelas revistas “Marie Claire”, “Criativa”, “Casa & Jardim” e “Crescer”.

Tags:  PT, prêmio, Rillo
 
 
Compartilhe:  
 
 
0 comentários
 
Deixe um comentário
  Nome *
  E-mail (não será publicado) *
  Website
  
 
Últimos Vídeos
     
     
     
Últimas Fotos
ÚLTIMOS POSTS
 
CATEGORIAS
 
NUVEM DE TAGS
 
 
   Últimos Tweets
 
 
Cadastre-se
Para receber novidades sobre o Deputado
 
 
Endereços
Escritório Regional
Rua Silva Jardim, 1955
CEP 15025-065
São José do Rio Preto - SP
17 3212.9892
 
Assembléia Legislativa
Av. Pedro Álvares Cabral, 201 - 1º Andar
CEP 04097-900
São Paulo - SP
11 3886.6877